Concurso SEJUSP MS 2018: Edital autorizado com 228 vagas deve sair em breve! Até R$ 4.879,19!

SEJUSP.jpg
Oportunidades serão oferecidas em dois cargos

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Estado do Mato Grosso do Sul está autorizada a abrir um novo edital de concurso público (Concurso SEJUSP MS 2018) com 228 vagas. A confirmação veio no dia 25 de junho, durante presença dos secretários de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, e o de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, gestores e representantes dos servidores das carreiras socioeducativas, o Governo do Estado. Uma comissão já foi formada para elaboração do certame.

O concurso SEJUSP/MS 2018 contará com 201 vagas para o cargo de Agente de Segurança Socioeducativa e 27 para Analista de Medidas Socioeducativas (sendo 11 para área de Psicologia e 16 para Serviço Social). O salário inicial será de R$ 2.757,80 para os agentes e R$ 4.879,19 para os analistas.

O Concurso SEJUSP MS 2018


Atualmente, o cargo de Agente requer o nível médio. No entanto, na reunião de autorização do certame, gestores e técnicos aproveitaram para discutir os principais pontos da nova determinação que altera o nível educacional de médio para superior, o requisito de escolaridade para ingresso no cargo de Agente de Segurança Socioeducativa, da carreira de Gestão de Medidas Socioeducativas cujo texto será enviado para Assembleia Legislativa nos próximos dias. A determinação atende orientação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República que após visita à Unei Dom Bosco, encaminhou relatório propondo que o Estado reformule a Lei nº 4.894, de 2016, em conformidade com o Plano Nacional de Atendimento Socioeducativo. O cargo de Analista já tem requisito de ensino superior.

Para o secretário da Sejusp, Antônio Carlos Videira, elevar o ingresso na carreira de socieducador para nível superior e autorização do governador Reinaldo Azambuja para realização de concurso público é uma grande conquista pois atende uma antiga reivindicação da categoria. “Esses profissionais são de extrema importância para a Sejusp, porque atuam quando todos os outros atores falharam. Eles têm a responsabilidade de fazer com que o período de internação não seja apenas um estágio para o sistema penitenciário, e sim de preparar esse adolescente que deverá voltar para a sociedade”, pontuou.

Concursos – De acordo com Carlos Alberto de Assis, responsável pela Secretaria de Administração, lembrou que o Governo cumpre mais um compromisso importante com os servidores, em especial, com a Segurança Pública. “Estamos atendendo mais uma demanda importante dessa categoria de servidores que desempenha um trabalho fundamental dentro da segurança pública. Aproveito para agradecer aos servidores, e seus representantes que sempre tiveram uma postura de diálogo, de trabalho integrado. São grandes avanços que fecham um ciclo positivo na Segurança Pública de MS”, destacou o secretário lembrando que a Administração, além da convocação de novos servidores para Agepen encerra no primeiro semestre o concurso para reposição nos quadros da Polícia Civil, trabalha no concurso público para reposição de 650 vagas na Polícia Militar e Bombeiros Militares e, agora, fecha o ciclo com a reposição dos servidores que desempenham função nas Uneis. “São mais de 1.500 novos servidores só na Segurança Pública”, observou.

O superintendente de Assistência Socioeducativa (SAS), Celso Ramos, agradeceu a sensibilidade do Governo do Estado pela atenção com os profissionais das medidas socioeducativas. “Essa é uma grande ação, que com certeza motiva ainda mais os nossos servidores”. Já com relação ao concurso público, o superintendente disse que desde 2013 a categoria não é contemplada com novos servidores. “O novo efetivo atenderá todas as unidades educacionais, melhorando significativamente o trabalho realizado pela SAS”, definiu.

Sobre o órgão


Competências: I – por meio das unidades administrativas da sua estrutura: a) a promoção das medidas necessárias à preservação da ordem e da segurança públicas, à defesa dos direitos humanos, e à incolumidade da pessoas e do patrimônio, por meio de suas unidades e órgãos subordinados; b) o estabelecimento do Plano Geral de Policiamento do Estado, visando à execução articulada e coordenada das ações da Polícia Civil e da Polícia Militar; c) a coordenação e a supervisão da aplicação das leis de trânsito, observadas as competências do Estado, exercendo o seu controle nos centros urbanos, e a fiscalização nas rodovias estaduais e, por delegação dos Municípios, nas áreas urbanas; d) a proposição de normas para aplicação da legislação do trânsito, considerada a competência do Estado, coordenando e exercendo a supervisão técnica, o acompanhamento e a avaliação da execução dessas atividades; entre outras.

Informações do concurso

  • Concurso: Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Estado do Mato Grosso do Sul
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 228
  • Remuneração: até R$ 4.879,19
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: AUTORIZADO




    Fonte: Notícias de Concursos