Cerca de 22.814 candidatos fazem provas do concurso do Tribunal de Justiça de MS em Campo Grande

tjj.jpg
As provas do concurso do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) começam foram aplicadas no último domingo, dia 29 de outubro, na Uniderp e UCDB, em Campo Grande. Os portões fecharam às 7h30.
O concurso foi realizado em dois períodos, o primeiro é para o cargo de analista judiciário - área meio e técnico de nível superior, entre às 8h e 11h. Na parte da tarde, das 14h30 às 18h30 foi aplicada a prova para o cargo de analista judiciário -área fim.
O cadastro de reserva será formado para os cargos de Analista Judiciário – Bacharel em Direito, Analista Judiciário – Bacharel em Administração e Técnico de Nível Superior, nas seguintes especialidades: Analista Técnico Contábil, Analista de Sistema Computacional, Bibliotecário, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Arquiteto, Médico, Odontólogo, Assistente Social, Psicólogo, Jornalista e Estatístico.
São 22,8 mil candidatos inscritos que concorrem a 50 vagas distribuídas em 20 cargos. Os salários variam entre R$ 4.913,00 e R$ 5.636,96.
Para o cargo de Analista Judiciário – Bacharel em Direito, o caderno de provas consiste de 60 questões objetivas, contendo cinco alternativas, com apenas uma correta, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos. Para os demais cargos, foram 20 questões de Conhecimentos Gerais e 20 de Conhecimentos Específicos.
A prova objetiva tem caráter eliminatório e classificatório. Serão considerados aprovados na prova objetiva os candidatos que obtiverem o mínimo de 50% de aproveitamento do total de pontos nas questões de Conhecimentos Específicos e, no mínimo, 50% de aproveitamento no total de pontos da prova objetiva, além de outros casos previstos no Edital. O resultado final do Concurso será homologado pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul e publicado no Diário da Justiça.
Os candidatos aprovados formarão cadastro reserva, para efeitos de futura e eventual nomeação, considerando o quantitativo-limite de classificados, nos termos do que estabelece o Anexo I do Edital de Abertura. A classificação final dos candidatos aprovados terá por base o total de pontos obtidos na prova objetiva.
O concurso terá validade de 2 anos, a contar da data da publicação oficial da homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul.