Campo Grande ganha Polícia Municipal e guardas sentem "musculatura" do nome

policia-municipal-1.jpeg
Vereadores aprovaram mudança na nomenclatura com emenda a LOM

Campo Grande está prestes a ganhar oficialmente sua Polícia Municipal. A proposta de emenda à Lei Orgânica Municipal (LOM) nº 78/2018 elaborada pela Câmara Municipal foi aprovada por unanimidade, em segunda votação agora pela manhã.

Assim que publicada em Diário Oficial os Guardas Municipais passam a ser chamados de policiais. “A sensação é de musculatura, porque o trabalho de polícia já fazemos”, disse o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais, Hudson Bonfim.

A primeira votação ocorreu na semana passada e conseguiu 27 votos a favor e nenhum contrário. Hoje os vereadores apoiaram com 24 favoráveis a mudança da nomenclatura a zero contra.

“Começamos com apenas duas viaturas e hoje temos 40. Ninguém era armado e hoje somos 600. Muitas vezes fomos chamados de guardinhas, mas agimos como polícia, fomos formados pela polícias e chegou o momento de enaltecer o nome da nossa instituição”, discursou Bonfim aos colegas após a conquista.

“Começamos com apenas duas viaturas e hoje temos 40. Ninguém era armado e hoje somos 600. Muitas vezes fomos chamados de guardinhas, mas agimos como polícia, fomos formados pela polícias e chegou o momento de enaltecer o nome da nossa instituição”, discursou Bonfim aos colegas após a conquista.

Para a troca dos uniformes e viaturas, o efeito prevê contar com os R$ 800 mil que estão inclusos na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019. “Como é questão de mudar apenas os adereços dos nomes e adesivos do carro, não deve ser muita coisa. Isso vai acontecer gradativamente, conforme a Prefeitura determinar”.

Fonte: Correio do Estado.